He broke the spell


How astonishing is it that the biggest celebration of the Christian church’s victory—that is the salvation of human kind from our own sins, and the reconnection with our creator—through the fulfillment of the last covenant from God to us begins with death.

I asked myself why death? But the answer was in the beginning of time. The purpose of death was just so that Jesus could resurrect from the dead and forever reopen the gates of heaven which had been closed since Adam and Eve sinned. The gates would be open to all who believe in Christ. So after Jesus’s resurrection, death is no longer a punishment and the promise of eternal life is reinstated again. So we fear death no longer, but look forward to the beginning of forever with Christ. He forever broke the spell of death.

Then I asked myself, why such a brutal death, when Jesus could have just disappeared, died silently in his sleep; I don’t know, after all he is the God you know. I will probably never understand this, but I know that embedded in Jesus’s whole passion, was the selfless and immense love that took Christ to through his crucification to save each and everyone of us and give us the gift forgiveness and of eternal life. Jesus endured all that pain in confidence and though He feared, He still went ahead on his mission, fearlessly, because He knew who He was, and knew his mission to each of us, and most importantly He knew the Father and trusted him. Now Jesus left us 3 things: a mission to do as He did (to care so greatly and selflessly for each other like he did, and continues to do); a gift of eternal life to those who believe in him and follow his ways; and a promise that He will always be with us forever and forever so we don’t fear but walk in confidence through His light, and are able to become fully and wholly everything He dreamed for us. Without fear one is able to live fully, unapologetically and wholly and hopefully give more time to what is really important. The gift and promise are alive today as never before. Own it! But don’t forget the mission.

Happy Easter ❤

*****

Alguma vez já te perguntaste porquê que a maior celebração da igreja cristã – que é a salvação da humanidade pelos nossos próprios pecados – através do cumprimento da última aliança de Deus para nós começa com a morte.
Eu me perguntei porque a morte? Mas a resposta eu sei estava no princípio de tudo. O propósito da morte era justamente para que Jesus pudesse ressuscitar dos mortos e reabrir para sempre os portões do céu que haviam sido fechados desde que Adão e Eva pecaram. Os portões estariam abertos a todos que cressem em Cristo. Então, após a ressurreição de Jesus, a morte não é mais um castigo e a promessa da vida eterna nos é oferecida novamente. Por isso, não tememos mais a morte, mas aguardamos ansiosamente a vida eterna com Cristo.
Depois me perguntei por que uma morte tão brutal, quando Jesus poderia simplesmente desaparecer, morreu silenciosamente durante o sono; sei lá, afinal ele é Deus né. Provavelmente nunca vou entender isso, mas sei que, dentro da paixão de Cristo, está um puro e imenso amor que levou Jesus à Cruz para salvar cada um de nós e nos dar o perdão e vida eterna. Jesus suportou toda aquela dor em confiança e, apesar de temer, Ele ainda seguiu em frente em sua missão, porque Ele sabia quem Ele era, e conhecia sua missão para cada um de nós, e o mais importante — Ele conhecia o Pai e confiava nele. Agora, Jesus nos deixou três coisas: uma missão para fazer como Ele fez (de cuidarmos uns dos outros como ele fez e continua a fazer); um presente de vida eterna para aqueles que acreditam nele e seguem seus caminhos; e uma promessa de que Ele sempre estará conosco, para que não temamos, mas andemos confiantes por meio de Sua luz e possamos nos tornar completamente tudo que Ele sonhou para nós. Sem medo, a pessoa é capaz de viver plenamente e sem remorso, e quem sabe dar mais tempo para o que é realmente importante. O presente e a promessa continuam até hoje. E são suas por direito. Mas não esqueça a missão.

Feliz Páscoa ❤

Share:

Leave a Reply

Your email address will not be published.